Sobre o Colegiado

Nós há pouco tempo estamos funcionando como um colegiado. De acordo com o Dicionário Aurélio uma das definições de colegiado é: que tem os mesmos poderes. A outra é: duas ou mais instituições ou instâncias se reúnem para gerir algo. Então elas devem ter o mesmo propósito e uma distribuição igual de poderes. Portanto quando juntamos o Conselho Religioso, a Diretoria Executiva e o Conselho fiscal com o propósito de gerenciar o Via Zen, isto será um colegiado se nenhuma delas mandar na outra e se nenhum membro tiver mais poder que os outros.

Cada uma delas pode ser em si um colegiado.

É possível que uma delas trate de algum assunto específico sem a outra, ou seja, elas continuam existindo por si, não foram canceladas e diluídas no colegiado.


Esta forma de governo é muito difícil e não muito comum. Aqui estamos apenas no começo e ainda lutando para consolidar o colegiado. Por isso, temos que ficar atentos e evitar qualquer retrocesso.


Vários filósofos falam que a liberdade causa angustia. Quando temos que escolher entre várias opções isto gera um estresse. Quando, além disso, a escolha gera responsabilidade, a angústia é muito maior, porque se der errado a culpa vai ser nossa. Por isso muitas vezes as pessoas preferem que alguém tenha o poder e mandem ao invés de elas terem que assumir a responsabilidade.

Vamos dar um exemplo: digamos que você vai numa pizzaria e ela só tem um sabor de pizza. Você não tem que escolher, não tem dúvidas e fica tranquilo. Mas digamos que ela tem trinta sabores. Aí já gera um estresse (pequeno é claro, é só um exemplo). Escolho esta ou aquela? E quem depois de escolher já não achou que uma outra seria melhor?

Claro que quanto mais grave é o assunto e quanto mais graves são as consequências da decisão tomada maior será a angústia.

Outra característica do colegiado é que ele sempre vai demorar mais para tomar as decisões. Quando uma só pessoa manda ela decide e pronto; já executa. Mas num grupo vão existir opiniões diferentes que têm que ser resolvidas e negociadas e isto leva tempo. No exemplinho acima: quem já não ficou quinze minutos ou mais para escolher os sabores da pizza para o grupo?

Então; não fiquemos decepcionados e ou impacientes quando as decisões do colegiado demoram um pouco mais.

Isto é compensado pelo fato de que várias cabeças pensam melhor do que uma (e é por isso que nós praticamos em Sanga). O colegiado é uma pequena Sanga dentro da Sanga maior onde o grupo contrabalança os erros e excessos de um membro.

E o mais importante: na democracia todos podem ser ouvidos e tem a mesma influência. E todos se responsabilizam conjuntamente, o que alivia o estresse.

Nas cidades (polis) da Grécia antiga as decisões eram tomadas em praça pública pelo conjunto dos cidadãos. Quem participava era chamado de político e quem se abstinha, quem não se metia nos problemas da polis era chamado de idiote. Sejamos todos políticos neste bom sentido.


Dozen Muni sensei

47 visualizações