Boletim Informativo nº4/2021



Tantas coisas aconteceram nos meses de setembro a dezembro no Via Zen! Apesar da pandemia, o Conselho do Darma garantiu a continuidade das práticas regulares, incluindo Zazen (quase) diário e um zazenkai por mês e. Em dezembro, colaborou com Zendo Brasil e Zen Vale dos Sinos no Rohatsu Sesshin. Nossos sócios também se engajaram com incrível dedicação em Samu nos dois Centros de Prática em preparação à sua reabertura para atividades presenciais. Esta está agendada para o dia 14 de janeiro, aniversário do Via Zen, logo depois do Sesshin Ecodarma (também presencial) dos dias 2 a 8 de janeiro.


Graças à continuidade de um trabalho intensivo de pesquisa e planejamento, através de inúmeras Comissões e grupos de trabalho, conseguimos aprovar um novo Estatuto e eleger a nova gestão 2022/2023 em Assembleia Geral neste fim do ano. Os novos integrantes do Conselho do Darma, do Conselho Fiscal e da Diretoria receberão uma Associação transparente e dinâmica.


Vejam os detalhes e muito mais nesse Boletim n.4 de 2021.



 

Destaques



Sesshin de Ecodarma: primeiro retiro presencial desde o início da pandemia


É com uma imensa alegria que, depois de quase dois anos de pandemia, o Via Zen reúne mais de 20 praticantes em um retiro presencial de seis dias na Montanha Grande Buda (de 2 a 8 de janeiro de 2022).


Muitos outros têm participado, com grande dedicação, nas inúmeras atividades de Prática necessárias para a realização desse evento, incluindo Samu, planejamento, e ensinamentos.


Em respeito às condições ainda não superadas da pandemia, realizaremos a maioria das atividades ao ar livre, aproveitando para aprofundar nossa reflexão sobre o tema Ecodarma.


Queremos agradecer em particular os membros do Conselho do Darma, cuja colaboração foi imprescindível para a concepção desse evento. Nos alegramos em poder contar neste Sesshin com a presença de Monge Koho e Monja Daien, de visita no Brasil, dois grandes professores do Darma.



AmarZen – Edição BreChá: uma alegria alentadora na sede Petrópolis


Depois de arrumação, reforma e pintura no Centro de Prática de Porto Alegre, o Via Zen "lançou a bola" com o AmarZen – Edição Brechá: um brechó com doação de chá cultivado na Montanha Grande Buda.


Graças às doações de membros da sanga, além de dias e dias de samu com membros da coletividade organizando o material (Hokai, Shinmyo, Kellen, Guilherme, Yushi e muitos outros), o Via Zen recebeu mais de 60 visitas nos dias 17 e 18 de dezembro. As pessoas foram embora felizes, carregando além de chás, alimentos cultivados na Montanha, mudas doadas pela praticante Tomoko, livros de Budismo, e roupas para o ano novo.


O Brechá foi, antes de tudo, um momento para reviver a alegria de estarmos juntos, ainda que bem protegidos com máscara, álcool gel e distanciamento, e de renovar as energias. Pensamos em repetir a experiência mais vezes. Fiquem antenados!



Via Zen tem novo Estatuto!


Depois de um minucioso, dedicado e longo trabalho realizado pela Comissão de Alteração Estatutária, finalmente o novo Estatuto veio ao mundo, aprovado unanimamente na Assembleia Geral do dia 9 de outubro. Mais objetivo, mais simples, e com "selo de participação democrática", o novo estatuto reafirma nossos objetivos principais:

  • Transmitir os ensinamentos de Buda de acordo com a Escola Soto Zen, através das práticas de zazen, samu, estudos budistas, liturgias, palestras, publicações, cursos, atividades assistenciais, culturais e educacionais;

  • Promover a harmonia da comunidade de praticantes, com a participação de todos no trabalho comunitário, que visa o despertar de uma visão clara da realidade em benefício de todos os seres;

  • Difundir o caminho da coexistência pacífica, do diálogo, do encontro inter-religioso e da harmonia entre todos os seres, sem distinção de pessoas, etnia, cor, sexo, posição social ou religiosa, nacionalidade e outras;

  • Orientar a comunidade a buscar um modo de vida que transcenda o apego e a aversão a bens materiais ou imateriais;

  • Participar ativamente em prol de uma sociedade mais justa, através da não-violência ativa, respeitando todas e quaisquer manifestações da vida, com compaixão e sabedoria;

O vídeo da assembléia está disponível para associadas e associados. Basta pedir o link pelo nosso email ou WhatsApp.


E em breve estará pronto o Regimento Interno, que está sendo elaborado também por uma Comissão composta por praticantes!



Eleição de nova Diretoria e Conselhos


No dia 11 de dezembro, na Assembleia Geral Ordinária, foram eleitos os novos membros da Diretoria Executiva, do Conselho Fiscal e do Conselho do Darma que devem assumir em 01 de janeiro de 2022.


Depois de dois anos de tremendo trabalho, nossos gestores no período 2020-2021, na Diretoria (Yushi, Denko, Tenkai, Seikan, Tiago Xausa, Myoshin), no Conselho Fiscal (Jion, Glauco, Felipe) e no Conselho do Darma (Muni Sensei, Eishin Sensei, Monja Tchoren, Monge Koho, Monja Daien, Ovídio, Hokai, Koshin) entregaram a Associação com mais vigor (e organização) do que nunca. Não há como agradecer!!!


Segue abaixo a composição para a gestão 2022-2023:


Diretoria

Presidente: Myoshin (Emily Carvalho Walsh)

Vice-Presidente: José Felipe Haffner

Primeira Secretária: Mauren Bastos de Araújo

Segunda Secretária: Shinmyo (Maristela Aparecida Schmidt)

Primeira Tesoureira: Yushi (Adriana Nunes Wolffenbuttel)

Segunda Tersoureira: Guessan (Claudia Lee Williams Fonseca)

Primeiro suplente: Glauco Schultz

Segundo suplente: Claudiomar Andrades


Conselho Fiscal

Tiago de Moraes Xausa

Denko (Olinto Cesar Bassi de Araújo)

Jion (Carmen Regina Carvalho Ferreira)

Suplente: Cassiano Ricardo Kern Copetti


Conselho do Darma

Daijun (Marco Antonio Zanata Alves)

Eishin Sensei (José Secundino da Fonseca)

Hokai (Bárbara Maria Benz)

Ishin (Daniel Eduardo Reimann)

Monge Koho (Jorge Dellamora Mello)

Monja Tchoren (Maria Christina de Gouvea Carvalho)

Muni Sensei (Edmundo Arregui Dantas)



Que sejam bem vindos os novos sócios


Também, com a inscrição no quadro de sócios de mais cinco pessoas (algumas delas, amigos e colaboradores de longa data), o Via Zen conta com um número de sócios maior do que nunca antes. Sejam bem vindos: Cida, Homero, Ionara, Ivo e Rosangela.



Comemoração


No dia 19 de novembro, comemoramos 21 anos da benção das terras originais do Via Zen por Moriyama Roshi.


Muita gratidão a todos que contribuíram para esse belo projeto.



Namu Kanzeon


Ricardo Mario Gonçalves, nos deixou no dia 6 de setembro. Como Missionário da Ordem Otani de Budismo Shin, escritor, docente de História da USP, Doutor em História Medieval, Pesquisador do Instituto Budista de Estudos Missionários e Membro da International Association of Shin Buddhist Studies, foi uma figura de referência para os praticantes do Budismo no Brasil


Também, no dia 9 de novembro, o Monge Kuroda Roshi, com 81 anos de idade, nos deixou. Via Zen tem um apreço particular por este grande mestre que, com sua generosidade, veio à Montanha Grande Buda em 2014 inaugurar o Grande Buda do Via Zen em uma Cerimônia chamada de "Abertura do Olho do Buda", onde se "coloca" a essência de Buda na escultura. O monge Kuroda Roshi teve uma influência fundamental não só na formação de Templos no Brasil e na América Latina, mas em particular na formação da Monja Coen Roshi, recebida por ele em Kirigayaji na cerimônia de Hossenshiki.


Que estejam na grande paz de nirvana. Gratidão por todo o apoio que deram ao Brasil, às Américas e em todo o mundo. Que repousem na paz imensurável do Buda-Darma.




 

RITUAIS DO DARMA


Zazenkai


Agradecemos a todos que contribuíram para o sucesso dos diversos zazenkai ocorridos nos primeiros domingos dos últimos meses (5 de setembro, 3 de outubro e, no dia 2 de novembro - em memória de pessoas falecidas), sempre com a presença de Monja Kokai Sensei, seu discípulo Genpo e de Muni Sensei e Eishin Sensei. Foi também um privilégio ouvir e aprender com nosso palestrante convidado, Monge Kojun, sobre as quatro ações ou métodos do bodisatva: generosidade, fala amorosa, conduta benemérita e cooperação. Aprendemos com nossos mestres que a prática está inserida na vida real e quotidiana, e que os méritos de um punhado de areia podem tocar e transformar o estado de espirito das pessoas. Gasshô.


Rohatsu Sesshin


O Rohatsu Sesshin é o principal retiro da nossa escola Soto Shu, realizado anualmente durante a primeira semana de dezembro. Há cerca de 2.600 anos, o príncipe indiano Sidarta Gautama sentou-se em zazen sob uma figueira durante sete dias e sete noites, alcançando o despertar na manhã do oitavo dia. No momento de sua iluminação, Sidarta Gautama proclamou: “Eu, a grande Terra e todos os seres, juntos, simultaneamente, nos tornamos o Caminho”. E revelou-se como Xaquiamuni Buda.


A Comunidade Zen Budista Zendo Brasil de Monja Coen Roshi convidou neste ano todas as comunidades irmãs, entre elas o Via Zen, para o Rohatsu Sesshin, realizado online entre os dias 30 de novembro e 8 de dezembro de 2021.


Obrigada Coen Roshi por propiciar essa oportunidade de estarmos juntos, praticando e compartilhando os ensinamentos do Buda.



Curso de Introdução ao Budismo Zen


Sob a coordenação de Muni Sensei e incluindo Eishin Sensei e Monge Seikaku, do Instituto Zen Maitreya, o Via Zen abriu no dia 22 de setembro as portas virtuais para a 3a edição desse ano do Curso de Introdução ao Budismo Zen!


Gratidão por essa oportunidade de incluir tantas pessoas (do mundo virtual) na discussão dos princípios fundamentais do Zen.



Grupo de Jukai


Sentindo a necessidade de dar mais esse passo nos seus compromissos com a prática, um grupo de praticantes (Felipe, Ivani, Glauco, Ludmila, Lúcia e Rosangela), já engajados há meses (quando não anos) na meditação Zazen, resolveu costurar o Rakusu. Fizeram um curso de preceitos com Muni Sensei e Eishin Sensei. Também puderam contar com a sabedoria espiritual e técnica da mestre costureira, Gokyo.


Profunda gratidão por mais esse esforço coletivo que deve desembocar logo logo numa nova "safra" de preceitados.



 

Samu: Prática Incessante


Desde o início de outubro, o Centro de Prática de Porto Alegre foi revivendo. Agradecimentos especiais à Tenkai por coordenar a equipe, depois de fazer uma revolução no Centro de Prática de Viamão – arrumando, consertando, limpando e organizando – virou as atenções para a arrumação do Centro de Práica de Porto Alegre.


Os mutirões bisemanais contaram com inúmeros braços: Yushi, Hokai, Shinmyo, Tenkai, Tania, Tiago, Guilherme, Myoshin, Kellen e Seikan (contamos até com mão-de-obra importada da Alemanha para realizar um trabalho a contento!).


Agradecemos também aos nossos colaboradores: Seu Chico, Dona Rosa e Seu Neto – cada um prestando serviços técnicos e de cuidado indispensáveis! Eishin Sensei, Guessan e Muni Sensei tambem passaram por lá para desfrutar da corrente amorosa.




Campanhas para levar adiante nosso projeto


Para arrecadar fundos destinados às melhorias necessárias para a reabertura de seus dois Centros de Prática, o Via Zen promoveu, além do BreChá, duas campanhas online, permitindo que apoiadores à distância também pudessem participar. Muitas pessoas doaram, recebendo em reconhecimento de sua generosidade livros, camisetas, videos e outros regalos do acervo da Associação.


Campanha de doações com recompensa:

  • Um Bom Livro é a Melhor Recomensa

  • Reabertura dos Centros de Prática do Via Zen



Projeto de ocupação da Montanha Grande Buda


No início de 2022 será submetido para apreciação o projeto de ocupação da Montanha Grande Buda. Esse projeto é fruto de quase dois anos de trabalho de diversos associados a associadas, organizados em Grupos de Trabalho e Comissões, que buscaram estudos e projetos elaborados anteriormente para repensar a ocupação dos espaços do Via Zen em Viamão, e as necessidades e prioridades do presente.


O novo projeto inclui ampliação do Centro de Prática, um Zendo ao Ar Livre (Círculo Vazio), áreas destinadas aos alojamentos individuais e coletivos, áreas de restauração e conservação ambiental e uma área de cultivo.


Algumas áreas já estão sendo colocadas em uso e "testadas". Há alterações nos traçados de estradas internas, valorizando o espaço de 40 hectares e o zonemanto proposto. Também o Zendo ao Ar Livre será inaugurado durante o Sesshin Ecodarma cujos participantes se beneficiarão de uma alimentação elaborada, em parte, com alimentos agroecológicos da nossa área de cultivo, cuidada coletivamente.


Foram muitas as pessoas que vieram até a Montanha colaborar no manejo de tanta agrobiodiversidade: Maira, Oscar, Janete, Kellen, Marcia, Guilherme, Marina, Eishin Sensei, Guessan, Mariana, Denko, Shinmyo, Ishin, além de Yushi e Tenkai.


Em breve nos reuniremos para apreciar este projeto elaborado coletivamente!



Felizes encontros nesse fim de ano


Monge Koho e Ovídio, dois queridos membros do Conselho de Darma, matando saudades na Suiça.



Feliz encontro: aqui na Montanha Grande Buda: Eishin Sensei e Sr Luiz Afonso (doador das primeiras terras da Montanha), amizade de mais de 40 anos.



Nossa gratidão a Adelir Schell (Seu Chico), que sem dúvida é uma das raízes da Montanha de Viamão, é a própria história renascida. Na foto (de boné), cerca de 20 anos atrás, com Moriyama Roshi (de chapéu na mão) e praticantes, olhando o local para cavar o primeiro poço, próximo ao alojamento. Atualmente contamos mais uma vez com seu trabalho dedicado e qualificado, agora em ambos os Centros de Prática. É uma pessoa que conhece muito bem o Via Zen, um integrante da nossa Sanga!




Ampliando redes: Visita de Talcira, liderança Mbyá-Guarani, das aldeias de Viamão (Estiva) e Rio Grande. E reunião de moradores do Beco do Pesqueiro visando a defesa do território do arroio Pesqueiro, ameaçado por grandes projetos com forte impacto socioambiental (aterro e mineração) sem consulta as comunidades locais.




Para não esquecer! Incluir em todas as visitas e estadias, o samu e o zazen, presencial, em conjunto com os moradores da Montanha.



 

Poesias proferidas pelos nossos sócios


"Deixe o silêncio conduzir você para o âmago da vida."

Rumi (enviado por Muni Sensei)



"O silêncio é um espaço vazio. O espaço é o lar da mente desperta."

(enviado por Rosangela Ely)



Lavoura


Alguém

que fala pouco

um dia me disse

que a palavra

mais precisa

ou a que você

mais precisa dizer

só fica pronta

depois de muito

muito muito

silêncio


(enviado por Miriam)



Amanhecer na Grande Montanha


a neblina encobre o horizonte

um buda de 9 metros desperta

os passarinhos fazem o seu dever

de abrirem a tela do dia

ainda há silêncio nas palavras

as árvores são manchas esverdeadas

diferentes do gramado verde escorregadio

onde pingos de amarelos sobressaem

outras cores aparecendo

com formas e sensações diversas

nesse momento não se sabe

como vai ser o dia

e os acontecimentos

esperados e inesperados


(enviado por Felipe)


129 visualizações