Quem Somos

Moriyama Roshi
  • Quarta-feira, 22 de Novembro de 2017
 
Moriyama Roshi
 

Moriyama Roshi nasceu em março de 1938, no extremo norte do Japão, na ilha de Sakhaline. Aos 22 anos concluiu seus estudos de filosofia em Tokyo, e encontrou seu mestre Hakusan Kojun Roshi.

Foi ordenado com a idade de 24 anos, em seguida permaneceu um ano no Templo Eihei-ji. Depois, durante 5 anos, realizou a prática monástica no Templo Soji-ji e um curso para se tornar professor do Darma. Recebeu a transmissão do Darma de seu Mestre, Hakusan Kojun Roshi.

Seu mestre o enviou para seu irmão do Darma, Niwa Roshi, para completar sua formação. Ele permaneceu 2 anos na seção de Tokyo do Eihei-ji. Niwa Roshi lhe pediu para ir para São Francisco, na Califórnia, USA, retomar o templo precedentemente dirigido por Suzuki Roshi. Esse seria o primeiro encontro de Moriyama Roshi com o Ocidente - São Francisco do fim dos anos 60. Segundo ele, foi um grande choque e uma grande admiração pela força da prática dos ocidentais.

Após 3 anos residindo nos Estados Unidos, Moriyama Roshi voltou ao Japão, junto a Niwa Roshi, onde se tornou professor e Inô. Depois de 6 anos, ele recebeu o título de Shike (mestre de monastério). Ajudado por seus mestres, ele fundou o templo Zuigakuin em uma região montanhosa do Japão.

Zuigakuin é um pequeno templo consagrado à prática tal como ela é exposta por mestre Eihei Dogen: Zazen e Samu - a prática inclui também Takahatsu (pedir esmolas), revivendo a tradição dos monges mendicantes. O templo é bastante austero, não há eletricidade, telefone e aquecimento; mas é muito rico no Darma e sempre esteve aberto a todos interessados, sejam eles japoneses ou estrangeiros. O templo foi oficialmente aberto em 1978, e o Zendo foi concluído em 1980.

Em 1992, Roshi Niwa pediu a seu discípulo para partir novamente, mas desta vez para a América do Sul. Assim, mestre Moriyama foi nomeado Sookan (representante da Soto Zen para a América Latina) e passou a morar em São Paulo, onde reconstruiu o templo da comunidade, Busshin-ji, e criou grupos de Zazen em várias cidades do país.

Em 1994 conheceu a Sanga de Porto Alegre. Nesta mesma época Moriyama Roshi deixou o cargo de Sookan e voltou para seu templo no Japão. Durante os anos seguintes, realizou visitas ao Via Zen, até que se mudou definitivamente para Porto Alegre em 2000.

Em 2001 é publicado, no Brasil, seu livro "Primeiros Passos no Zen”, compilado a partir de textos coletados por seus alunos e entrevistas concedidas à Editora Bodigaya. Os ensinamentos contidos nestes Primeiros Passos do Zen podem ser considerados parte da chamada "transmissão oral” de mestre à discípulo, colhidos "aos pés do mestre”, no dizer de Enio Burgos, tradutor e editor.

Em 2005 Moriyama voltou para o Japão para cuidar de seu mestre. Realizou uma nova visita ao Brasil em 2009, quando se comprometeu a vir uma vez por ano para orientar Sesshins e transmitir ensinamentos.

Em 11 de fevereiro de 2011 estava com uma visita agendada ao Brasil, mas, devido a uma lombalgia grave, cancelou a viagem por ordem médica. Em 18 de fevereiro, após ter pernoitado em um Templo de um amigo em Tóquio, foi visto pela última vez ao tomar um taxi até uma estação de trem. Seus discípulos passam a procurá-lo, mas encontram muitas dificuldades em suas buscas após 11 de março, quando ocorreu um Tsunami no Japão, deixando todo o país em estado de emergência.

Sem ninguém saber seu paradeiro, em julho de 2011 é dado como desaparecido pelo governo do Japão.

No dia 25 de julho, o aluno de Moriyama Roshi, Abe Tessan, postou no blog do Zuigakuin, a seguinte mensagem:

Já se passaram cinco meses sem nenhuma notícia de Moriyama Roshi. Apesar de investigações, neste momento não se sabe nem as condições e nem o que pode ter ocorrido. Atualmente o templo Zuigaku-in está fechado. Quanto à reabertura do Templo Zuigaku-in e sua programação, por favor entrar em contacto com o templo Kissho-in. Aqueles que desejam praticar o zazen em meio à natureza devem se dirigir ao zendo do templo Kokenji. O monge superior do templo, Sensei Sato fez o seu treinamento com o mesmo mestre de Moriyama Roshi. O blog Zuigakuin será encerrado até o final de agosto. Para posteriores notícias sobre Moriyama Roshi, favor acessar o blog "Shibaura Zazenkai."

Como continuação da vida de Moriyama Roshi, a Sanga do Via Zen aspira honrar sua caminhada e anos de dedicação a essa comunidade, realizando seu projeto de constituir um Mosteiro internacional para o benefício de todos os seres.